Welcome



INICIO
EDITORAS PARCEIRAS
BLOGS PARCEIROS
BOOKLIST
LINK-ME
SELINHOS
CONTATO

19 julho 2012

#22 Dizem Por Aí - Jill Mansell



Título: Dizem por aí
Autora: Jill Mansell
Editora: Novo Conceito
Número de Páginas: 429

Sinopse:
" O namorado de Tilly Cole acaba de se mudar do flat deles com metade de suas coisas. Sem nada para prendê-la, Tilly decide rapidamente morar mais perto de sua melhor amiga, Erin, em um vilarejo minúsculo em Cotswolds. Lá, Tilly é contratada no mesmo momento como faz-tudo em uma empresa de design de interiores. Para sua surpresa, a cidade pequena transborda escândalos, fofocas e boatos. 
A maioria deles está ligada a Jack Lucas, o homem mais bonito e elegante da cidade e melhor amigo de seu chefe. Mas Tilly, que trabalha ao lado de Jack, enxerga seu lado carinhoso e cuidadoso, que não é revelado à cidade. Para ela, é impossível acreditar que aquele homem seja a mesma pessoa de quem falam tão mal. Será que ele é mesmo tudo isso?
Apesar dos insistentes avisos de seus amigos para que se afaste de Jack, para que não se deixe levar por seus encantos, Tilly deve separar os fatos da ficção e dar asas ao seu instinto neste divertido romance moderno."

Resenha:


Tilly Cole ao chegar a casa depois de um dia cansativo percebe que algo está diferente.
Seu namorado foi embora e levou alguns pertences, deixando somente um bilhete em cima da lareira.
Decidida a ir visitar sua melhor amiga Erin em um vilarejo, em Cotswolds, jamais poderia imaginar que sua vida mudaria tanto.
Tilly ver um anúncio no jornal local assim: “Emprego divertido em casa de campo”, logo pede demissão do antigo emprego e se muda indo atrás do emprego do anúncio do jornal.
Logo o destino que não erra nunca, colocou no seu caminho de um jeito bem engraçado, Jack Lucas, o cara mais irresistível da cidade e de fama duvidosa.

 – Você está olhando para o meu traseiro?
  – Jesus, vai começar de novo! – exclamou Max. – Você pode dar um tempo, por favor? Deixe a pobre garota em paz.
Tilly parecia bastante grata.
 – Mas tenho certeza que ela estava – insistiu Jack – Podia sentir os olhos dela em mim. Dava para sentir.
"Por favor, que isso não seja verdade."

O que achei mais legal é que a autora não destaca somente um personagem, a história se passa com vários, sem priorizar. Mesmo que Tilly seja a principal, isso não muda.

Erin está de romance com Fergus, que está tentando se divorciar de Stella, sua ex-esposa paranoica e histérica. Que não vai dar muita paz para o casal.

Max Dineen é o novo patrão de Tilly, que é divorciado, mas mora a cachorra Betty, com a filha de 13 anos chamada Louisa, mais conhecida como Lou.

Jack Lucas amigo do patrão de nossa mocinha é irresistível aos olhos de todas as mulheres da pequena cidade, mas está de olho nela.

Kaye é a ex-mulher de Max, mãe de Lou. É uma atriz de sucesso em Hollywood, mas seus problemas só começaram quando a doida da Charlene, mulher do diretor começa a surtar, com ciúmes dela. Nunca iria imaginar que por conta desse incidente sua vida mudaria completamente.

  – Divirta-se muito hoje. Seja boazinha. – diz Kaye.
 Lou revirou os olhos.
 – Eu sempre sou boazinha.
 – Não vá se embebedar.
– Pai, é a festa da escola. Só tem Pepsi, Diet Pepsi e água.
– E sem safadezas.
– Pai! – gritou Lou – Fique quieto.
– Sou seu pai. Dizer coisas constrangedoras é o meu trabalho. Nada de dançar mal também, hein? Se eu ouvir por aí que você fez a dança do passarinho...
– Tá, pode parar. Não tem nenhuma dança do passarinho na nossa festa, porque não somos dinossauros. E a única pessoa que dança mal nesta família é você.
  
Tantas coisas acontecendo e Tilly já não conseguia mais fingir que não se sentia atraída por Jack, que também sabia disso.
Muitos desencontros, idas e vindas, perdas e ganhos, a vida passava na pequena cidade de Roxborough, no centro das colinas Cotswolds.
Tilly fica sabendo de algo bem estranho da vida de Jack e descobre que nada é o que parece ser.
Mesmo depois da descoberta e das investidas de Jack, nossa mocinha não se entrega ao que os dois estão sentindo, deixando-o muito frustrado.
Adoro o Max. Sempre sarcástico e engraçado.

– Bem, lá vem a Erin. Ela não tem medo de um pouquinho de alho.
Erin torceu o nariz.
 – Na verdade está um pouco forte.
 – Ah, bem, quem se importa? – Estendendo os braços para Betty, Tilly convidou: – Vem cá, querida, você ainda me ama, não é?
Betty se preparou para pular, mas recuou com horror e se afastou de imediato.
– Parece que tenho lepra!

Em 57 capítulos  se pode ver muita amizade, tristeza, amor, união e muita comédia.
Um livro de 429 páginas que não intimida só pelo fato da sinopse te deixar curiosa, pois a estória da vida desses personagens prende sua atenção e até quem tem pura preguiça de ler tantas páginas irá se surpreender com essa estória tão linda. Simplesmente A-M-E-I!

Obrigado por ter me emprestado Samantha Monteiro. ^^

Espero que tenham gostado.
Comentem.
Bjs.

16 comentários:

  1. Respostas
    1. Oi flor, é sempre muito bom ouvir isso! Brigada.
      Volte sempre! ^^

      Excluir
  2. Com certeza uma resenha muito bem escrita; pela sua resenha pude ter uma noção muito boa do livro!
    Muito bom!
    Eu gostei! :DD

    Jader Monteiro
    http://cinco-datarde.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Ooi flor, adorei a resenha ! Parece ter uma narrativa leve... *0*

    ResponderExcluir
  4. O livro aparenta ter uma narrativa leve e divertida, exatamente o estilo que eu gosto de ler, adorei sua resenha da pra ter uma boa noção dele XD

    http://www.blogjustmy.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Parabéns pela resenha Lauri! Estou ansiosa para ler Dizem Por Aí! Beijos!

    ResponderExcluir
  6. AHH Eu também amei esse livro, o li em apenas dois dias, foi um recorde meu considerando o número de páginas deles, mas eu não queria larga-lo, a narrativa é tão boa, simples e leve e não tem um só personagem em foco como você disse ♥

    Beijos
    Meu outro lado

    ResponderExcluir
  7. Oi Lauri!
    Eu tô louca pra ler ess livro principalmente pelo fato do mocinho ser sarcástico e humorado!!!

    Adorei a resenha flor.
    Beijokas
    Amanda
    leiturahot.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Olá, Lauri!

    Sinta-se sempre bem vinda a visitar minha estante. -rs

    Eu também achei super divertido esse livro! Eu acabei lendo ele em uma noite ( só consegui dormir depois de terminar ele ) -rs.

    Beijos,

    Samantha Monteiro
    Word In My Bag
    http://wordinmybag.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Eu vi esse livro ontem lá na livraria e me deu uma vontade enooorme de ler, agora eu li uma resenha fabulosa, OMG! Preciso do livro! hsuah
    Adorei o post, um beijo.
    http://livrodagarota.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Eu já li tanta coisa positiva sobre esse livro que ele deve ser realmente muito bom! Eu gostei muito dessa resenha flor esse é o tipo de livro que eu ia gostar de ler! Mil Beijos! (♥)
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Tô mega curiosa pra ler esse livro desde vi a capa no site da editora Novo Conceito. a história parece mesmo interessante e todo mundo fala bem do livro!
    bjs
    http://blogtrashrock.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Sabe o post abaixo? Pois é, comprei o substituto *-*
    Enfim,fiquei curiosa para ler,e a capinha pe linda.Játinha visto mas nem nem a sinopse havia lido ainda. :/

    http://vitaminadepimenta.blogspot.com.br/
    Dando uma de babá no: http://the-mandie.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. vou comprar, adorei parece ser bem legal

    @littlepistols
    http://portifoliodasletras.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  14. Não curti a capa (a NC muitas vezes peca nisso) mas a história parece ser divertida, bem levinha :)

    ResponderExcluir
  15. Parece ser super leve e super divertido de ler *-*
    fiquei com vontade depois da sua resenha *o*

    aaaah *-* acho que vc vai curtir instrumentos mortais *o*

    Um beeijo pra ti *-*

    PÂM
    http://interruptedreamer.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir