Welcome



INICIO
EDITORAS PARCEIRAS
BLOGS PARCEIROS
BOOKLIST
LINK-ME
SELINHOS
CONTATO

09 maio 2013

Resenha 85 - Escondidos - KGI 03 - Maya Banks



Título: Escondidos – KGI 03
Autora: Maya Banks
Editora: Berkley
Número de Páginas: 336

Sinopse:

“ Um homem que atira primeiro e pergunta depois... A maioria das pessoas tomaria uma viagem com todas as despesas pagas para a praia num piscar de olhos. Garrett Kelly só aceita para monitorar Sarah Daniels, que está na clandestinidade depois de testemunhar um assassinato cometido por Marcus Lattimer, seu meio-irmão e inimigo pessoal da KGI. Este trabalho pode estar abaixo de um soldado disciplinado como Garrett, mas se ele der um tiro em Lattimer, tudo vai valer à pena... E a meta final comovente. Mas Garrett não contava se apaixonar por Sarah. Ele considerou a sedução como uma manobra tática, mas quando ele revê o passado obscuro de Sarah, sente um desejo urgente de mantê-la segura— mesmo depois que ela desaparece com ele. Garrett não sabe exatamente de quem ou o quê, Sarah está fugindo, mas seja o que for ela está correndo por sua vida... ”

Resenha

" Ninguém se mete com os Kelly." (Lema da família Kelly)

 
Essa é a estória do meu marrento, rabugento favorito: Garrett Kelly.
O livro é narrado com alternâncias entre Sarah e Garrett. A estória avança num ritmo bem dinâmico e a autora soube deixar o leitor ansioso por mais detalhes, pois a cada página se tem informações dos familiares, da união, amor e companheirismo que é sempre relatado na estória.
Garrett é tão protetor com sua família como seus irmãos e terá a tão esperada oportunidade de se vingar de seu maior inimigo.

Sarah Daniels, após testemunhar um assassinato cometido pelo seu meio irmão Marcus Lattimer (inimigo pessoal da KGI) corre muito perigo. Pois
Stanley Cross (irmão do assassinado) está na mira de Sarah, e só vai descansar quando pegá-la.
Garrett estava fora “de cena” já há algum tempo e quando Resnick lhe propôs uma missão usando-a como isca para conseguir finalmente capturar Lattimer, ele não pensou duas vezes em aceitar.



" Se ela testemunhou um assassinato, isso não era tudo o que tinha acontecido. Alguém a magoou ou a amedrontou, e isso o enfureceu. Sim, ela era uma missão e ele levava tudo e cada trabalho a sério. Ele tomava o seu maldito dever a sério. Mas a onda de protecionismo que sentia quando olhava para esta mulher, amedrontada e frágil era algo além de um trabalho. E ele estava perdido para poder explicar. "

A reação de Sarah ao conhecer Garrett foi de autodefesa e desconfiança. Muito amedrontada e arredia, mesmo assim ela se sentia segura ao lado dele e que nada poderia machucá-la enquanto ele estivesse por perto.
Garrett é totalmente diferente do que os irmãos pensam ao decorrer dos dois livros que já li. Ele é bem humorado, tira piada em momentos difíceis e não se acanha quando o assunto envolve seu desejo e amor por Sarah. Ele é curto e direto! Vai sempre direto ao ponto!
Algumas coisas dão erradas, e é aí que entra os outros Kelly (Sam, Ethan e Donovan) e amigos da KGI (Equipe do Rio e do Steele) para ajudar Garrett.

Os irmãos Kelly deram um pouco mais de atenção a Rusty nesse livro, pois viram que em algum momento falharam com ela como “irmãos”. 
Depois de tudo o que aconteceu, por tudo que passaram juntos, as mentiras para protegê-la que Garrett contou, no final serão perdoadas por Sarah?
Uma série que recomendo, pois tem uma mistura de tudo: ação, romance, amizade, lealdade e momentos bem engraçados.



" -- Você diga a ela que voltarei por ela, Resnick. Diga a ela que não há nenhuma maneira no inferno de deixá-la. Não se atreva a deixar que ela pense que eu a abandonei.
-- Sim, sim, -- Resnick resmungou. -- Eu vou dizer a ela toda essa merda mole. Jesus, homem. Você e seus irmãos estão me deixando louco com essas suas mulheres.
Garrett queria pedir a Resnick para dizer-lhe que a amava, mas pensou que guardaria isso para a próxima vez que a visse. "


15 comentários:

  1. Eu adoro os quotes que você traz dessa série, já falei que não conhecia, né? Fiquei curiosa, acho que talvez venha a ler.

    Beios

    ResponderExcluir
  2. Oi Lauri,
    Apesar do livro ter sua carga de ação, romance, amizade e momentos engraçados, como vc disse, eu não sei se leria este livro...
    Estou fugindo um pouco de séries, e no momento só pego aquelas que me arrebatam, mais gostei de ler sua opinião e de saber um pouco mais do livro, visto que eu não conhecia a obra!!

    Beijos Mila
    http://www.dailyofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Então amiga, eu gostei muito da sua resenha, mas realmente, esse é um tipo de livro que eu não leria, porque o enredo não faz o meu estilo. Mesmo assim, agradeço a dica! *-*
    Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Parece ser legal, me interessei!

    beijos,
    ps: tá rolando 2 sorteios no meu blog e te convido a participar!
    http://misssainha.com/

    ResponderExcluir
  5. Gostei da resenha Lauri. Achei o livro bem interessante e a temática me atraiu bastante. Tem post novo no blog também: http://www.newsnessa.com/2013/05/resenha-dizem-por-ai-ali-cronin.html Beijo!

    ResponderExcluir
  6. Bah, não conhecia o livro, parece ser um bom romance policial, mas não o leria agora ><

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Não curto muito o livro, admito. Sei lá, esse estilo não é tãao o meu assim, mas vou dar uma chance. Normalmente adoro os livros que tu resenha =D

    Beijão, Lari.♥
    Vitamina de Pimenta

    ResponderExcluir
  8. "Um homem que atira primeiro e pergunta depois." uool se parece com o tipo de filme q gosto de assistir. Gosto de livros com um pouco de ação

    ResponderExcluir
  9. Gostei muito da sua resenha (como sempre), mas ainda não li esse livro! Faz tempo que não leio mais nada, a escola está tomando meu tempo.
    mas adorei seu post!
    TRASH ROCK

    ResponderExcluir
  10. Muito boa a resenha, parabéns :) Sobre o livro, não faz muito meu estilo(gosto de livros de ficção com coisas místicas e tals), mas parece, de fato, ser interessante para quem gosta desse estilo. Acredito que ficaria legal se fizessem um filme, imagina? :)

    Beijos, Luana A
    mooninneverland.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Bacana! Embora eu esteja ficando meio enjoada desses romances com moças desprotegidas e moços super protetores, esta estória parece ter um bom contexto fora o romance, o que deixa o romance ainda mais interessante :3 gostaria de ler. Muito boa resenha, parabéns!
    Com Carinho,
    Jooy Constantino.

    ResponderExcluir
  12. Ta ai um policial que eu até leria agora para me ajudar a sair da ressáca que me deu.

    David - Leitor Compulsivo

    ResponderExcluir
  13. Amei!@
    Adorei o último diálogo!
    Beijos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  14. Boa resenha, não conhecia, gosto de filmes desse estilo, apesar de não estar lendo muito.

    ResponderExcluir
  15. Não conheço essa serie mas pelo visto vc tbm gosta dos personagens marrentos neh ??
    AHUHAHUA
    Eu gostei bastante da resenha e acho que nunca li livros nesse estilo!
    Vou dar uma olhada depois !
    Bjoos
    http://chacombolacha.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir