Welcome



INICIO
EDITORAS PARCEIRAS
BLOGS PARCEIROS
BOOKLIST
LINK-ME
SELINHOS
CONTATO

31 março 2014

Resenha do Leitor #09 - O Garoto da Casa Ao Lado - Meg Cabot

 

 

Título: O Garoto da Casa ao Lado
Autor(a): Meg Cabot
Editora: Galera Record
Páginas: 400
Série: Coleção Garoto – Vol. 1

Sinopse:

" O garoto da casa ao lado é o novo livro de Meg Cabot, autora da série O diário da princesa, um fenômeno mundial da literatura juvenil que já vendeu mais de cem mil exemplares no Brasil. Neste novo romance, a autora mistura amor, comédia e suspense aliados ao estilo nova-iorquino, e não decepciona seus fãs.

Escrito em forma de mensagens de e-mail, 'O garoto da casa ao lado' revela a história de Melissa Fuller, uma jornalista de celebridades que está prestes a perder o emprego. Numa certa manhã, Mel está 68 minutos atrasada para o trabalho, completando assim seu 37º atraso no ano. Um recorde. O departamento de Recursos Humanos já lhe mandou um memorando oficial sobre o assunto, seu chefe duvida seriamente do seu compromisso com o jornal e, além disso, até sua melhor amiga anda preocupada com seu bem-estar psicológico. Contudo, dessa vez, ela tem uma desculpa de verdade - estava socorrendo Helen Friedlander, sua vizinha de oitenta anos, que entrou em coma após levar um golpe na cabeça, em consequência de um misterioso atentado. "


Resenha:

Meg é minha autora favorita dos chick-lits. Adoro os livros dela. Já li vários voltados para o público infanto-juvenil e até um dos seus romances de época com o pseudônimo de Patrícia Cabot. Mas ainda não tinha lido nenhum voltado para o público adulto. E não tenho como dizer que não gostei. A cada livro gosto mais dela.

O Garoto da Casa ao Lado é contado no ponto de vista de vários personagens. Acredito que sejam no mínimo uns 10. Calma! Isso porque o livro é todos em formato de e-mail. No livro inteiro, os personagens trocam e-mails e assim o leitor fica sabendo de tudo. Tudo mesmo!
Confesso que no começo, eu achei que não ia gostar, mas me surpreendi. A cada página ficava curiosa para saber como tudo ia se desenrolar.
Nossa personagem principal é a Melissa Fuller (Mel). Uma mulher madura e totalmente atrapalhada. Escreve para o New York Journal na colina social. Mas ela adora os furos de reportagem, principalmente sobre catástrofes. Ela é simplesmente fascinada por desastres. E quando ela encontra sua vizinha, uma senhora de 80 anos, Helen Friedlander, desacordada depois de levar uma pancada na cabeça, Mel vê a chance de finalmente falar sobre algo interessante. Quem anda atacando velhinhas?
Mel consegue contatar o sobrinho de Helen, Max, para cuidar dos dois gatos e do cachorro da tia, enquanto ela está em coma. Ele é um fotógrafo famoso, que adora modelos. Um verdadeiro mulherengo.

E é aí que toda a confusa se instala. Max está em uma viagem com a supermodelo Vivica e não pretende deixar ela para cuidar dos bichos da tia. Mas ele tem um plano. Um velho amigo de faculdade lhe deve um “favor”, isso por tê-lo salvo das garras de uma ruiva quando ele estava bêbado. Então John, um dos herdeiros de uma família muito rica e problemática, entra em cena. Max quer o favor de volta. Ele pede a John que se passe por ele até a tia acordar, já que a tia de Max é rica e não pode saber que seu sobrinho deixou de assisti-la. Max não tem muitas fotos suas estampadas por aí, então será fácil para John se passar por ele.
John é desligado de toda a riqueza da família e prefere viver a vida com seu trabalho de jornalista investigativo. Com seu senso de justiça, ele se vê forçado a ajudar Max. E dá de cara com a vizinha Mel em vários momentos do livro. Ah! Mel é ruiva! Rsrsrs...A Mel e o John forma um casal fofo. Os dois têm muitos gostos em comum, o que os deixam mais fofos juntos. 

“[...]Mas acho que está bem claro que nenhum de nós é tão normal assim. Quero dizer, as pessoas normais não vivem obcecadas por furacões e crateras, não é? Então esse negócio ser normal está fora de cogitação, no nosso caso. [...]” página 202

Como disse acima, temos vários personagens e é fácil se perder entre tantos, mas logo você se acostuma à dinâmica do livro. Os que mais chamaram a minha atenção, além de John e Mel, foram:
Nadine: amiga da Mel. Essa é um tanto mais centrada do que nossa protagonista.
Tony: Noivo da Nadine.
Jason: Irmão de John.
Stacy: Cunhada de John e esposa de Jason.

Um dos meus personagens favoritos foi a Dolly, colega de trabalho de Mel. Essa é a fofoqueira do jornal. Está sempre se metendo na conversa. Sempre com um conselho para dar. Ela é hilária!
Livro extremamente divertido. Meg mostra mais uma vez um livro em que se pode gargalhar. Recomendadíssimo!!!!



RESENHA ESCRITA POR: CRISLANE BARBOSA



30 março 2014

Caixinha de Correios #40


Olá meus amores.
Vamos conferir mais uma Caixinha de Correios?


3ª Turné Intrínseca

Essa foi a Maleta que todos que foram ao evento ganharam. 
Muita coisa linda né? :)


Recomeço - Cat Patrick
Li Deslembrança dessa autora e simplesmente adorei.
Na 3ª Turné Intrínseca na Livraria Cultura, qualquer livro da editora estava com 20% de desconto, por isso não poderia deixar de conhecer mais uma história linda dessa autora. :)


O Teorema Katherine - John Green
Sempre tive curiosidade nessa história, e acabei comprando ele na 3ª Turné Intrínseca por 19,90.
Esse é o meu 3º livro do John Green que adquiro, pretendo ler primeiro A Culpa É Das Estrelas, por causa do filme que lança em breve.


TROCA PELO SKOOB

Fazendo meu filme 4 - Fani em busca do final feliz - Paula Pimenta
Finalmente completei minha série da Paula Pimenta. \0/
Consegui de troca com a Juliana Vicente do Blog As Meninas Que Leem Livros.


PARCERIA COM O BLOG AS MENINAS QUE LEEM LIVROS

O Começo de Tudo - Robyn Schneider

Diga Aos Lobos Que Estou Em Casa - Carol Rifka Brunt
Já comecei a ler os dois, adorei as capas e a diagramação.
Logo trago resenhas para vocês. :)


TODOS JUNTOS:



27 março 2014

Lendo Por Aí #04 - Especial Veterinária

 

Olá meus amores.
Já fazia um bom tempo que não postava nada na coluna Lendo Por Aí, mas resolvi "aperriar" minhas amigas da faculdade. :p
Futuras veterinárias como eu, também tem um "tempinho vago" pra ler um bom livro.
Vamos conhecê-las? :3


 
 Aline Feitosa - O Pequeno Príncipe
Uma das pessoinhas que mais adoro na faculdade, tenho um carinho todo especial por ela.
Amiga pra todas as horas, que me ajuda sempre. :)

 
 
 Rebeca Sampaio - Paixão Sem Limites
Garota de sorriso fácil e muito simpática.
 Sempre pergunta se eu li esse ou aquele livro, e adoro dar as dicas dos meus livros e autores favoritos. :)


 
Tamirys Sena - Cinquenta Tons de Cinza e Juliana Carneiro - As Crônicas de Nárnia.
Duas garotas sensacionais.:)
Amamos e somos Team Stephan Salvatore, apaixonadas por Christian Grey e a conversa vai longe quando o assunto é Cinquenta Tons. :P



Quer ter sua foto aqui na coluna Lendo Por Aí do blog? É muito fácil!
Mande sua foto com nome para esse email: ruth_ylonen@hotmail.com
Pronto! Fácil né? :)

Resenha #137 - UM NOVO AMOR À VISTA - Cláudio Quirino

 

 

UM NOVO AMOR À VISTA - Cláudio Quirino

Sinopse:

Darla é uma típica mulher moderna brasileira – determinada, trabalha, pega condução, tem seus sonhos secretos e ainda está enquadrada na categoria consumidora compulsiva, mas só tem um probleminha: o seu pequeno salário não é suficiente para as suas grandes necessidades. Diariamente tentada pelas propagandas das grifes e incapaz de ignorá-las, ela sempre acaba indo ao encontro de inúmeras bolsas Gucci, burberrys, sapatos Prada, óculos Dolce & Gabbana e suas próprias extravagâncias. Para variar, o seu namorado de seis meses – Greg – acaba de sair de casa e abandoná-la. Disposta a controlar a sua solidão comprando (mesmo que, para isso, seu nome continue no vermelho), Darla vai, aos poucos, se envolvendo numa série de situações divertidas, otimistas e surpreendentes, capazes de arrancar risadas, à medida que seus pensamentos se decifram aos olhos do leitor. Um Novo Amor à Vista trata, em primeira mão, de cada um dos principais dilemas que afetam o universo feminino e trabalha a autoestima, com um tom cômico, sincero e espontâneo. Em seu primeiro romance chick-lit, Cláudio Quirino revela um mundo completamente familiar e entrega personagens marcantes, simpáticos e um primeiro livro planejado. ”

Resenha

Você gargalhar do que está vendo, num circo, numa peça teatral, no escuro do cinema é o comum, desde os espetáculos acima citados sejam engraçados, mas você rir as gargalhadas (perder o ar de tanto rir como aconteceu comigo) de algo que você lê, é bem mais complicado. Parabéns ao autor Cláudio Quirino pela sua desenvoltura linguística, pela comédia hilariante que produziu.

UM NOVO AMOR À VISTA tem como protagonista Darla, que é uma pessoa comum neste sentido: trabalha, gasta muito mais do que ganha, amigas com padrão de vida acima do seu, com poder aquisitivo que ela nem sonha alcançar.
Mas em outro sentido ninguém pode ser uma Darla.
Ela é sem noção? É! Mas é criativa, descolada, amiga, “caridosa”, desligada, com alguns complexos com a balança, com mania compulsiva de comprar e mais outras qualidades e defeitos que o leitor vai adorar.

Além de toda essa bagagem de conteúdo, Darla foi traída, está numa deprê de dar dó.
Sua vida está de pernas pro ar, quando o seu gerente a convoca para ir ao escritório dele.
Nesse estado de animo em que se encontra já se prepara pra ser despedida e ficar debaixo da ponte, com sua cadela, esmolando aos que passam.
Mas seu chefe é portador de um premio como Melhor Vendedora do Ano, (pela 3ª vez consecutiva) um cartão com três mil reais, viagem, hospedagem para 3 dias, em 3 lugares presenteados pela Loja na qual trabalha. E Darla escolhe Florianópolis!
E é lá que tudo acontece com a participação de Bruna (amiga) que em 3 dias faz da vida de Darla uma sequência de acontecimentos inimagináveis.
Sempre tem saída para todas as situações embaraçosas, que ela mesma cria, durante toda a leitura do livro. Recomendadíssimo!

 “ Não é pecado sonhar. É o conforto para a alma. Só porque algumas pessoas acham que seus sonhos são supérfluos e inacreditavelmente fora da realidade, isso não significa que é impossível alcançá-los. Você pode se apegar à sua confiança. (...) Eu idealizo que cada instante particular que acontece na vida – inclusive os desvios e derrotas comuns – é como o estágio que antecede a plenitude da realização. "


 

Título: UM NOVO AMOR À VISTA
Autor(a): Cláudio Quirino
Formato: Edição Kindle 
Tamanho do arquivo: 569 KB 
Número de páginas: 160
Vendido por: Amazon
Gênero: Click-Lit

26 março 2014

Lançamentos das Editoras Parceiras - Editora Arqueiro - Abril

 

 

 

 

Mar de Rosas - Quarteto de Noivas - Livro 02 - Nora Roberts

 

" Emma Grant é a decoradora da Votos, empresa de organização de casamentos que fundou com suas três melhores amigas de infância – Mac, Parker e Laurel. Ela passa os dias cercada de flores, imersa em seu aroma, criando e montando arranjos e buquês. Criada em uma família tradicional e muito unida, Emma cresceu ouvindo a história de amor dos pais. Não é de espantar que tenha se tornado uma romântica inveterada, cultivando um sonho desde menina: dançar no jardim, sob a luz do luar, com seu verdadeiro amor. Os pais de Jack se separaram quando ele era garoto, e isso lhe causou um trauma muito profundo. Ele se tornou um homem bonito e popular entre as mulheres, porém incapaz de assumir um compromisso. Quando Emma e suas três amigas fundaram a Votos, foi Jack, o melhor amigo do irmão de Parker, quem cuidou de toda a reforma para transformar a propriedade no melhor espaço para casamentos do estado. "

Quem aí fã da Diva Nora Roberts, está ansioso por esse lançamento? 0/

 

20 março 2014

Resenha #136 - Jogos do Prazer (Os Rothwell 03) - Madeline Hunter

 


 

Jogos do Prazer - Rothwell Brothers - Livro 03 - Madeline Hunter


Sinopse:

“ A bela Roselyn Longworth já aceitou seu destino. Depois que o irmão fraudou o banco em que era sócio e fugiu do país levando o dinheiro dos clientes, suas finanças ficaram arruinadas, assim como suas chances de conseguir um bom casamento. Por isso foi fácil acreditar nas falsas promessas de amor de um visconde. Mas a desilusão não demorou a chegar: quando Rose não se sujeitou a seus caprichos na cama, o nobre se vingou leiloando-a durante uma festa em sua mansão. Ela acredita que o destino lhe reserva um fim trágico. Ainda mais ao ser arrematada por Kyle Bradwell, um homem que venceu na vida pelo próprio esforço, mas não é bem-vindo nos círculos mais exclusivos. Mas a jovem é surpreendida pela atitude dele, que a trata com um respeito e uma gentileza que ela não recebia desde antes do escândalo envolvendo o irmão. Quando Rose finalmente descobre o que está por trás do comportamento de Kyle, é tarde demais: já foi fisgada pelo homem que conhece seus segredos mais íntimos.”

Resenha


“ Às vezes não havia mesmo escolha. Às vezes só havia uma decisão, uma única coisa possível a fazer, se você quisesse uma chance de ser feliz. ”

Jogos do Prazer  é o 3º livro da Série Rothwell Brothers.
Esse livro retrata o tempo em que o mundo era dos homens, principalmente da nobreza, onde tudo era julgado na famosa Câmara dos Lordes e tudo ficava impune.
A mulher era um adorno, às vezes caro, sem peso nas decisões, mas na maioria das vezes, só se tivesse berço e família importante.
O resto era a plebe, que alguns nobres pensavam que só existiam para servi-los, como é o caso de Lorde Norbury, sem honra, sem decência, um amoral imoral nojento.

No mundo da aristocracia, não bastava ter dinheiro, tinha que ostentar um título antes do nome.
Mas dentro desse contexto, de pessoas que julgam outro ser humano, pelos títulos e conta bancaria, há outros tipos com título e milhares de libras em suas contas, que agem diferentemente. É o caso da Família Rothwell, cujos varões são pessoas íntegras.

Por causa de um irmão desonesto, que lesou muitos investidores, roubando o banco e fugindo com o produto do roubo, toda a família que ficou pra trás, arcou com as conseqüências do escândalo, sendo que no homem é desastroso, mas no caso da mulher, esta simplesmente deixa de existir.


“ - Não aprovo a moral livre dos refinados. Posso aceitar dividir o que é meu, mas jamais aceitarei dividir você. ”
(Kyle para Roselyn)

E foi o que aconteceu com a família Longworth, o irmão Timothy (ladrão e foragido), acabou com a reputação para o resto da vida de suas duas irmãs Roselyn e Irene.
Diante dessa realidade, Rose se maravilhou com as atenções e os elogios que Lorde Norbury  dispensava a ela e se entregou sem pensar em mais nada. Só que o Lorde fora um dos nobres lesados financeiramente por Timothy, seu irmão e de repente Rose constatou que tudo não passou de vingança.
E como se a situação de Rose já não fosse péssima, agora estava também desonrada.

Morando na casa de Lorde Norbury, Rose teria que participar de um jantar onde o anfitrião, para se vangloriar de seus poderes como nobre, por ser uma pessoa desprovida de qualquer moral, resolve leiloá-la.
Só que ele não contava com a atitude de um dos seus convidados e esse não era nobre, que deu um lance inalcançável pelos homens que ali assistiam ao espetáculo desumano.
E foi com esse ato que Kyle arrancou Rose das mãos asquerosas de Lorde Norbury e seus iguais.

Mas como poderá Kyle reverter o quadro, quando há tanto preconceito? Ele será capaz de agüentar os falatórios?
Rose sobreviverá à vergonha que cairá a si e a sua família? A Sociedade Londrina esquecerá este escândalo?


- Então pede em casamento uma mulher desprezada porque tem certa preocupação com ela e porque frequentará a casa dos parentes da prima dela? Para um homem de negócios bem-sucedido, não faz boas trocas.
O rosto dele endureceu o suficiente para mostrar desagrado pela crítica.
- Está bastante convicta de que desvendou minhas intenções. Mas esquece o mais importante. Eu ganho algo mais além das pequenas vantagens que citou.
- Não sei o que seria.
- Você, Srta. Longworth. Você para mãe dos meus filhos e esposa na minha cama.
Ele se aproximou. (...) A expressão dele a surpreendeu. Ciente. Segura. Arrasadora.
(Kyle e Roselyn)

A autora Madeline Hunter, “nasceu” para escrever sobre a realeza e como se comportam os nobres, com suas imperfeições, preconceitos e sua impiedade.
Também fala como se fizesse parte dos personagens. Descreve também suas vilanias acobertadas por seus títulos e suas posses.
Escreve claro, tão claro, que o leitor faz a viagem para o texto e convive com todos os seus desfechos.
Recomendadíssimo!







Título: Jogos do Prazer  
Autor(a): Madeline Hunter
Editora: Arqueiro
Número de Páginas: 240